Queda de Cabelo


A perda de cabelos é um problema que atinge uma parcela muito grande população de homens e mulheres. Além de identificar precocemente a queda, é muito importante que seja feita uma avaliação médica para um diagnóstico correto e assim um tratamento adequado para cada caso.

Entre a população masculina, a causa mais comum de queda capilar é a Alopecia Androgenética. Nesse tipo de doença acontece a perda dos cabelos na parte superior e frontal da cabeça e tem como causa a hereditariedade e o aumento de hormônios masculinos no organismo. Os homens que têm esse diagnóstico devem iniciar os tratamentos o mais precocemente possível, pois a queda causada por essa doença é definitiva. Não existe cura para a Alopecia Androgenética, mas sim um controle da doença.

É importante lembrarmos que a Alopecia Androgenética não é uma doença exclusiva dos homens. Ela acontece com bastante frequência em mulheres e, também, pode ser controlada com os tratamentos adequados.

Quando falamos em mulheres, temos alguns outros motivos para a queda capilar, entre eles: doenças da tireoide, deficiências vitamínicas, pós-gestação e doenças autoimunes.

Hoje, existem diversos tratamentos disponíveis nos consultórios médicos, e o ideal é o paciente ser avaliado pelo profissional, ser submetido a exames clínicos e de sangue (às vezes temos que lançar mão de biopsias), e a partir daí, iniciar um programa de gerenciamento capilar.

Shampoos e loções: podem ser manipulados produtos com ativos específicos, para uso em casa, que estimulem o couro cabeludo e promovam um aumento de fluxo sanguíneo no couro cabeludo, favorecendo assim o aporte de nutrientes.

Nutracêuticos e vitaminas: é fundamental durante os tratamentos capilares que o paciente faça uso de suplementos, em forma de cápsulas, que estimulem o crescimento dos fios e ajude a fortalecê-los.

Mesoterapia e Laserterapia capilar: esses são tratamentos feitos nos consultórios médicos que visam estimular o crescimento dos fios de maneira mais uniforme e efetiva. Através da mesoterapia, conseguimos inserir diretamente nos folículos fatores de crescimento e vitaminas.

Implante capilar: Em casos selecionados, costuma ser uma alternativa frequentemente usada. Com o desenvolvimento de técnicas, inclusive o uso de robôs, esse tratamento vem ganhando popularidade.

 

COLUNISTA CONVIDADA

RAFAELA KOEHLER ZANELLA

Médica CRM RS 37441

Rua: Antônio Carlos Berta, 475 / 702

Jardim Europa – Porto Alegre

Fone:(51) 3061-2484

Tags Destaque

Compartilhe essa postagem

Sem comentários

Adicione o seu

Saúde Pública